Regulamentos

X

A Corrida

O Atletismo é o esporte que concentra o maior número de adeptos em todas as faixas etárias e classes sociais, em uma só competição. Trata-se da modalidade esportiva mais democrática da atualidade, reunindo pessoas de diferentes classes sociais, idades e etnias e sexo em torno de sua prática.

No mundo moderno, a prática de atividades esportivas deixou de ter um fim único e exclusivo em si mesmo e passou a ser utilizada, também como meio de qualidade de vida, de educação, etc. E principalmente, de divulgação entre as várias formas de prática esportiva, as corridas de rua assumiram uma posição de destaque por:

· Atender a várias faixas etárias em um único momento.
· Baixo custo operacional para o praticante.
· Ser praticada em locais abertos, possibilitando o contato com a natureza.
· Possibilitar um excelente impacto econômico pelo quantitativo de participantes da cidade-sede e de outras cidades, com hospedagem, alimentações, etc.
· Pela criação de empregos temporários. (médicos, arbitragem, seguranças, etc)
· Facilidade de divulgação de pontos turísticos.
· Haverá uma excelente mídia de divulgação (CARTAZES, JORNAIS,TELEVISAO, RADIO, OUTDOOR, ETC.), o que nos torna otimistas quanto os resultados.

Após o grande sucesso de eventos anteriores, a Federação Pernambucana de atletismo, em parceria com as federações de atletismo dos estados da Bahia e do Ceará vem propor a realização do circuito de corrida SESI 10k. A ideia é realizar três grandes eventos (um em cada capital) relacionados ao pedestrianismo, no período de Setembro a Novembro de 2012, com uma perspectiva de participação, em média, de três mil atletas por evento, totalizando 9 mil pessoas.

DATAS:

· RECIFE/ PE – 02 de novembro de 2014.
· MACEIÓ/ AL – 16 de novembro de 2014.
· FORTALEZA/ CE – 30 de novembro de 2014.

UM FORTE TRABALHO DENTRO DAS INDÚSTRIAS SERÁ REALIZADO PELAS FEDERAÇÕES DE ATLETISMO DE CADA ESTADO, EM PARCERIA COM OS SESIS LOCAIS, PARA INSCREVER INDUSTRIÁRIOS GRATUITAMENTE NO EVENTO, INCLUINDO A ENTREGA DE CAMISA E CHIP PARA A PROVA. UM MÍNIMO DE 1.000 (MIL) OPERÁRIOS SERÃO INSCRITOS POR ESTADO, COM O APOIO DE MATERIAIS DE DIVULGAÇÃO QUE SERÃO DISTRIBUÍDOS NAS INDÚSTRIAS.